GERAÇÃO 2000 DA SELEÇÃO BRASILEIRA E AS OPORTUNIDADES NO PROFISSIONAL

GERAÇÃO 2000 DA SELEÇÃO BRASILEIRA E AS OPORTUNIDADES NO PROFISSIONAL

Em 2017 a Seleção Brasileira Sub-17, ficou com a terceira colocação do Mundial da categoria disputado na Índia.

Dos 21 convocados, apenas 5 atletas não nasceram no ano 2000, Lucão goleiro do Vasco da Gama, Yuri Sena goleiro do Vitória, Luan Cândido lateral atualmente no RB Bragantino, Victor Yan e Yuri Alberto atacantes do Santos, todos nascidos em 2001.

Entre os destaques, nascidos em 2000, o principal nome da seleção convocada para aquele mundial, estava Vinícius Júnior, que acabou não sendo liberado para a competição, sendo substituído por Helinho, atacante do São Paulo.

Três anos depois os atletas nascidos em 2000 passam a ter mais oportunidades em suas equipes profissionais, não necessariamente, as mesmas em que os atletas atuavam em 2017.

Gabriel Brazão – Atleta do Cruzeiro, foi vendido ao Parma da Itália e atualmente esta emprestado ao Albacete da Espanha, atuando na equipe profissional;

Wesley – Atleta do Flamengo, foi vendido a Juventus da Itália onde atual na equipe B.

Vitor Eduardo – Zagueiro do Palmeiras foi vendido ao Shakhtar Donetsk, onde atual na equipe profissional.

Lucas Halter – Zagueiro do Atlhetico Paranaens, teve suas primeiras oportunidade na equipe profissional no ano passado e a tendência é que se firme na equipe em 2020.

Weverson – Lateral do São Paulo, atuou na equipe sub-20 no ano de 2019, esta sendo negociado com o RB Brangantino para disputa do Paulista na equipe profissional;

Victor Bobsin – volante do Grêmio atua na equipe Sub-23 do clube em um projeto de transição da equipe.

Marcos Antônio – volante do Athletico Paranaense na época da convocação, atualmente atua ao lado do Vitão, companheiro de seleção, no Shakhtar Donetsk.

Paulinho –  meia atacante do Vasco, foi destaque da equipe profissional em 2018, e vendido ao Bayer Leverkusen da Alemanha é titular na equipe pré-olímpica do Brasil

Alan – meia do Palmeiras, ganhou sua primeira oportunidade da equipe profissional, tendência que seja mais utilizado este ano.

Linconl – atacante do Flamengo, atua na equipe profissional do clube desde 2018.

Helinho – atacante do São Paulo, foi convocado no lugar de Vinícius Júnior, atua na equipe profissional do clube desde 2018, presença constante entre os titulares da equipe.

Matheus Stockl – zagueiro do Atlético Mineiro, atua na equipe de transição do clube, após ter sofrido lesão que o tirou dos gramados durante boa parte de 2018/2019.

Rodrigo Guth – zagueiro do Coritiba na época da convocação, esta atualmente na equipe B do Atalanta da Itália.

Rodrigo Nestor – meio campista do São Paulo, esteve na equipe Sub-20 do clube na disputa da Copinha, tendência que seja promovido em definitivo a equipe profissional.

Vitinho – atacante do Corinthians, atual na equipe Sub-20 do clube na disputa da copinha, tendência é que receba oportunidades de compor o grupo de profissionais do clube.

Brenner – atacante do São Paulo na época da convocação, subiu aos profissionais em 2018 e foi emprestado ao Fluminense em 2019, voltou ao clube onde espera receber mais oportunidades na equipe comandada por Fernando Diniz.

Demais atletas convocados à época e nascidos em 2001, Lucão goleiro do Vasco, Luan Cândido atualmente no RB Bragantino e Yuri Alberto também atuam em suas equipes profissionais.

Yuri Sena goleiro do Vitória e Victor Yan, atacante do Santos, atuaram no Sub-20 de suas respectivas equipes em 2019.

Tirem suas próprias conclusões.